terça-feira, 27 de abril de 2010

Reencontro de Mãe e Filho no Facebook

Abandonado aos sete dias de vida, descobriu, aos 23 anos, a mãe biológica graças às novas tecnologias

Com apenas sete dias de vida, Maurício Barros foi abandonado num hospital da Argentina pela mãe. No passado domingo, e já com 23 anos, filho e mãe encontraram-se.

   Nascido a 1 de Janeiro de 1987, com apenas sete meses de gestação, Maurício Barros foi adoptado por outra família. O desejo do estudante em descobrir a mãe foi compreendido e aceite pelos pais adoptivos, que o ajudaram a lançar, na conhecida rede social Facebook, a campanha "Busco a mi mama" ("Procuro a minha mãe"). Segundo o jornal argentino "Clarin", à iniciativa aderiram cerca de 25 mil cibernautas de vários países, entre os quais Inglaterra e Suíça.
   Há cerca de uma semana, uma amiga da mãe biológica de Maurício contactou-o e ajudou-o a encontrar a família.

   "Íris deu-me o contacto de uma senhora que tratou de mim no hospital. Chama-se Stella Maris e comprou-me roupa e medicamentos quando estive internado. Até queria adoptar-me, mas não foi possível!", contou Maurício ao "Clarin". Foi Stella quem disse a Maurício que viajasse até uma aldeia chamada San Pedro Norte, a 80 quilómetros da cidade argentina de Córdoba.
Para saberes toda esta incrivel história clica "aqui".
  - JN-Online -
.