sexta-feira, 23 de julho de 2010

A NATUREZA A BRINCAR COM O HOMEM.

O PAI É NEGRO, A MÃE TAMBÉM... A FILHA É LOIRA DE OLHOS AZUIS

Um verdadeiro mistério genético está a intrigar a comunidade médico-científica britânica. Um casal de negros, já com dois filhos negros, pôs no mundo uma menina branca, loira e de olhos azuis.
A notícia foi inicialmente divulgada pelos tablóides britânicos, como o «The Sun» ou o «Daily Mail», mas depressa provocou o interesse de meios de comunicação tidos como «de referência», como é o caso da BBC. É que Nmachi («Beleza de Deus» na língua originária dos pais) pode ser o resultado de uma mutação genética que fez com que a pigmentação da pele e do cabelo seja em tudo semelhante à dos causasianos.
Também o «Youtube» está a mostrar esta entrevista realizada pelo «The Sun».
Ben e Angela Ihegboro foram da Nigéria para o Reino Unido há cinco anos. Já têm outros dois filhos e são ambos negros. Confessam a surpresa ao olhar para esta terceira filha e ver uma verdadeira caucasiana.
 O pai, claro, ainda que por brincadeira, chegou a perguntar: «É minha?!». Mas foi mesmo por brincadeira, porque a criança é mesmo filha dele e da esposa. «Mesmo que não fosse minha, seria impossível ser tão branca», disse Ben, em declarações à imprensa britânica.
Os médicos ainda chegaram a colocar a hipótese de se tratar de um caso de albinismo, mas os testes colocaram essa suposição de parte. Outra das explicações levantadas é a de haver caucasianos na família de um dos progenitores, mas ambos garantem que não há brancos na família. Não há, nem houve, asseguram, e por isso já chamam a Nmachi um «milagre».
Os genes responsáveis pela coloração da pele podem saltar até 12 gerações. Por isso, a hipótese de um antepassado branco é mesmo a mais plausível. Os médicos admitem que os pais não saibam ou não se lembrem de um longínquo avô caucasiano.
Os médicos e os cientistas estão a estudar o caso e colocam ainda a hipótese de uma mistura genética estranha que tenha levado à situação.
Citado pelo site AOL News, um especialista aventa a hipótese de se tratar de um tipo de albinismo muito raro, em que a pele até acaba por escurecer com o tempo.
Encontrei uma foto de familia, aqui está para a posteridade!
Como disse um amigo meu:
"O PAI FEZ, A MÃE TEVE E DEUS ENVIOU"
 - TVi-online -