sexta-feira, 2 de abril de 2010

Greepeace bloqueia carregamento de carne de baleia em Roterdão.


Quinze activistas da organização ecologista Greenpeace acorrentaram-se esta manhã às amarras de um cargueiro transportando carne de baleia com destino ao Japão no porto holandês de Roterdão.
«Vamos ficar o tempo que for necessário até termos a certeza de que os contentores com a carne de baleia não partem para o Japão», declarou um dos organizadores do protesto, Pavel Klinckhamers, à agência France Presse.
Os manifestantes acorrentaram-se cerca das 04:30 locais (03:30 em Lisboa) às amarras de um cargueiro de pavilhão panamiano proveniente da Islândia, disse.
A Greenpeace exige a apreensão de um «carregamento ilegal» de carne de treze baleias, armazenada em sete contentores.
O cargueiro, que passou por Roterdão em trânsito para o Japão, deveria sair do porto holandês às 18:00 (17:00 em Lisboa), segundo uma porta-voz da polícia, Tinet Dejonge.
A caça à baleia com fins comerciais está interditada por uma moratória da Comissão Baleeira Internacional (CBI) de 1986. Essa moratória é ignorada pela Noruega e pela Islândia e contornada pelo Japão que, explorando uma lacuna jurídica do texto, afirma pescar baleias para fins científicos.
A CBI, organização que regula a caça e a conservação dos cetáceos, criou um grupo de trabalho de 30 países para analisar uma proposta de um programa limitado de caça comercial.
  - Greenpeace -
.