quarta-feira, 7 de abril de 2010

Café dos Pretos



Cópia fiel do café “Mazumbo do Kimbondo”, no bairro luandense do Sambizanga, tinha o condão de transportar imediatamente o visitante para o coração de África, apesar do cheiro a farturas da barraca contígua e do barulho dos vizinhos “Aviões”. Ao ar livre, e debaixo de sombrinhas de colmo – muito úteis à noite, para conter a cacimba de Lisboa – era possível saborear um enorme copo de “café de saco” a ferver, encaixado numa espécie de cahimbo de madeira, para não queimar as mãos dos brancos. O “Xiribi” que acompanhava o café, vinha directamente de Angola, e a sua fórmula duvidosa mas letal, sempre foi mantida em segredo…
Lembras-te da Feira Popular?
Clica aqui:
 - Feira Popular de Lisboa -
.