domingo, 28 de agosto de 2011

CONQUISTA PRIVADA DA LUA
PRÉMIO GOOGLE CONTINUA SEM VENCEDOR

Em setembro, completam-se quatro anos do lançamento do desafio "Google Lunar X Prize", uma competição que oferece prémios num total de 30 milhões de Dólares americanos para equipes privadas capazes de realizar uma missão lunar - robótica, não tripulada - sem financiamento público.

Modelo tirado do X Prize original, que prometia 10 milhões de USD's para o primeiro grupo não-governamental a levar um homem ao espaço e trazê-lo de volta em segurança - que foi vencido em 2004 pela nave SpaceShipOne - o objetivo do Google Lunar é estimular o avanço tecnológico e a solução criativa de problemas técnicos por meio da competição.
Existem, actualmente, 28 equipes inscritas na disputa, de 33 que iniciaram o desafio. Cinco já desistiram.

O desafio original previa que o primeiro prémio, de 20 milhões de USD's para o grupo que conseguisse pousar um robô na Lua, fazê-lo percorrer 500 metros e enviar fotos e dados para Terra, cairia para 15 milhões de USD's em 2012, e deixaria de ser oferecido em 2014.

Novas regras, no entanto, determinam que o prémio cairá a 15 milhões de dólares americanos a partir do momento em que um governo envie uma missão bem-sucedida para explorar a superfície da Lua, o que os organizadores acreditam que deve acontecer em 2013. Um segundo prémio, de 5 milhões, será pago ao segundo grupo que completar os objetivos da missão.
Um adicional de 4 milhões está disponível para premiar desempenhos excepcionais, como um robô capaz de operar durante a noite lunar, ou percorrer mais de 5 km.
O 1 milhão de USD's restante será pago à equipe que mais promover a diversidade de gênero, etnia e nacionalidade em seu esforço de exploração lunar.

Entre as equipes envolvidas no prémio há desde jovens companhias criadas por empresários que esperam usar a tecnologia desenvolvida para extrair recursos minerais da Lua a universidades e instituições mais interessadas no desafio em si e em seu potencial educativo.
  - iT - Com participação de Carlos Orsi - Inovação Unicamp -

Nota: Não, não foi por férias ou prazer que nada publiquei nestas duas últimas semanas! De facto foi por trabalho, muito trabalho! Não só na "jardinagem", no meu e de outros, mas também por divercidades várias, alheias ao meu desejo, intenção e interesse! Tentarei ser mais "certinho" no que vos prometi, sempre a 7, 14, 21 e 28 de cada mês, lembram-se? "O PROMETIDO É DEVIDO, SEMPRE!!!"