quarta-feira, 3 de novembro de 2010

VAMOS IMPEDIR ESTE CRIME

NÃO MATARAM A SENHORA SAKINEH
VAMOS CONTINUAR A FAZER PRESSÃO PARA QUE NÃO MATEM ESTA "MULHER"