quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Globalização Com Consciência

DÓ RÉ MI, MI RÉ DÓ, PA RA TI E NÁ SÓ...
GLO BA LI... ZÁÁÁÁÁÁÁÓ

Apesar de... o que disse o senhor Presidente da República, o senhor Primeiro Ministro, os Ministros e Secretários de Estado sobre esta crise, parece que não se passa nada.
A economia mundial caíu, muitos países quase foram á banca rôta e parece que não se passa nada.
Mundialmente o desemprego aumenta assustadoramente, milhares de empresas fecharam e outras tantas ainda vão fechar com milhares de "colaboradores". Experiências nucleares e outras continuam a fazer-se um pouco por todo o mundo. Desastres ecológicos acontecem, uns públicos outros mais ou menos camuflados.
De geração para geração o número de nascimentos e menor. Cada vez há mais idosos e menos crianças e jovens! As gerações actuais não estão a produzir para o sustento das proximas que aí vêm.
Alguns países, como Portugal, estão a deixar de produzir a sua própria alimentação.
Cada frase que aqui deixo é um tópico, como que para inicio de conversa. Mas porque, como sabem, vejo tudo em caricatura, rio-me sim... mas com sarcásmo! Porque a fome não é para rir, nem a brincar!!!
A ONU diz de sua justiça, mas não tem força, nem a que deveria ter.
A UNESCO, um membro da anterior, também reclama e pede mais, não é ouvida e não tem autoridade.
A fome não é só falta de apetite!
A fome também é querer e não ter! 
Por tudo isto e não só, não neguem, não escondam! Ao contrário, afirmem, revelem, mostrem ao mundo a realidade, a verdade...
HÁ FOME!!!

Os que têm poder para mudar esta situação,
têm a consciência tranquila?

"!?!GLOBALIZAÇÃO!?!"