sábado, 7 de agosto de 2010

Ayatollah Ali Khamenei DIZ QUE ENSINO DA MÚSICA É CONTRA OS VALORES ISLÂMICOS

O líder espiritual - e mais alta autoridade - do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei, defende que a música vai contra os valores muçulmanos e acrescenta que o ensino de artes como essa «não é compatível» com os valores do Estado iraniano.
Na sua página online, o jornal britânico The Guardian escreve que o Ayatollah Ali Khamenei terá dito que «embora a música seja permitida, a promoção e o ensino não são compatíveis com os mais altos valores do regime sagrado da República Islâmica».

Segundo o jornal, o comentário terá surgido após um dos seus discípulos ter mencionado a intenção de iniciar lições de música mas, antes de o fazer, querer saber se era compatível com o Islão.

O Ayatollah terá ainda dito que «é melhor que a nossa juventude passe o seu tempo a aprender ciência e essenciais habilidades, bem como a praticar desporto e outras actividades saudáveis, do que música».
 - The Guardian-online -